Piscina de Bolinhas




Sexta Feira, 17:30 (cedo né rs), 4 amigas no auge dos trinta e poucos aninhos resolvem ir a um bar badalado, recém-aberto em SP.


Confesso que eu já havia me tornado ” Stalker” do Bar nas redes sociais, achava que tinha uma cara de ” Date”, então eu estava esperando a oportunidade de conhecer um cara legal, mas não rolou e aí aceitei o convite das ” zamigas ” kkk


E sabe qual foi a maior expectativa da noite? Homens? Negativo!!!!


Brincar na piscina de bolinhas, isso mesmo, brincar como se não houvesse amanhã, sem qualquer tipo de necessidade em deixarmos a melhor impressão possível.


Esta experiência, dentre tantas outras, me deu o “ imput” certeiro para criar este blog, criar a DisrupDiva. Me deu um empurrãozinho certeiro.


Entramos no bar, uau…maravilhoso, as mesas lembravam o balcão do bar do filme “O Iluminado”, arquitetura incrível, gente bonita, descolada, animada, lugar bacana, tudo lindo.


Entre um DRINK e outro, começamos a falar sobre carreira, sobre as baladas vez ou outra, sobre a vida rs. E ai, aquele assunto sempre presente veio á tona... homens e a dificuldade nos relacionamentos hoje em dia.


O começo da conversa foi assim, uma das amigas disse que estava saindo com um cara há alguns meses e, um dia qualquer, “do nada”, ele disse que estava curtindo sair com ela, mas não queria nada sério.


Outra amiga contou estar um pouco chateada, pois ouviu do “Crush”, que ele, não estava pronto para um novo relacionamento.


Me dei conta que, na semana anterior, passei por uma situação bem parecida, tive um “Date” e de cara, depois de aproximadamente umas 2 horas de “Groselha” ops kkk conversa, ouvi algo parecido. O cara começou a falar do último relacionamento - pausa dramática - era o 1 encontro e ele já tava falando o nome da ex kkk, e ouvi uma frase assim “ah e nem sei se vou namorar de novo”!!! Foi uma verdadeira sucessão de baldes de água gelada, não deu tempo nem de me deixar envolver rs. Eu sai do encontro cansada , mal de divertir, FOI PUCHADO!


Conversa vai e vem, tinham alguns relatos parecidos envolvendo o WhatsApp, concluímos que pra garantir que os relacionamentos não evoluissem, existia um” Novo Hábito:


1) O cara entra num monólogo que a gente não da conta de tanta mensagem, desabafo, falação, um verdadeiro Divã…etc e tal.


2) O cara manda mensagem na segunda, você reponde, ele visualiza e continua conversa no domingo. Ou seja, sempre rola um jogo!


Em meio a essas histórias cômicas, porém muitas vezes trágicas, cansadas das histórias que só mudavam o nome do envolvido, descobrimos que o bar tinha uma Piscina de Bolinhas.


Salto Alto, Minissaia, Cabelo arrumado, nada era tão excitante quanto a idéia de nos jogarmos naquela piscina.


Foram 5 minutos de piscina de bolinha, e só 5 minutinhos, mas valeram o ” Rolê”!


Nos perdemos na brincadeira, voltamos as ser crianças por alguns minutos, sendo o suficiente pra lembrar que a vida é leve.


O bar tinha cara de encontro mesmo, apesar da diversão, tinha aquele ar de ” Eu podia estar com um cara bacana aqui, mas a vida não colabora” rs. Só que, naquela hora, depois da piscina de bolinhas, sei lá, foi um alívio irmos entre amigas, sem “date”, sem groselhas, sem joguinhos, só cumplicidade.


Despreocupadas, descabeladas, felizes, sem o risco de ouvir “do nada” que não ia rolar relacionamento, e aí, abrir chance pra uma neura qualquer (por mais descolada que você seja, quando a carência assola, a neura não escapa rs).


Foi um dia incrível, contudo, aquela alternância de sentimentos e sensações me deixou intrigada. A liberdade de sair com amigas é fascinante, mas aquele chamego, carinho, pegada kkk também é maravilhoso, e as vezes pode fazer falta.


Por isso, aqui, buscamos a equidade, trazemos as conversas leves e engraçadas, discutindo sempre empoderamento, o direito de sermos respeitadas, ouvidas, amparadas legalmente. Queremos um mundo justo, com piscinas de bolinhas, dates, cargos de liderança, direito de escolha, para que unidas possamos bincar e também tratar questões extremamente importantes e imprescindíveis para a nossa vida! A luta é fundamental!!!


8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo